segunda-feira, 19 de julho de 2010

O vezo do avesso

O vezo do avesso

Seria portanto hipocrisia?
Ou uma banalidade distorcida, que evocamos da mente?
Aquele velho sorriso displicente...
Que em retóricas se cria...
Uma anomia disforida..
O Vezo puro e complicado.

O vezo do avesso
Surge em nossa própria covardia
Pela ausência de confrontos de uma vida
Surge pelo hábito escuso de julgar...
Da necessidade fustigante de falar
Nasce com a natureza humana.

O vezo do avesso...
Está em nosso respirar
Em cada olhar sem censura e muitas vezes distorcido
Está no caráter foragido, da legalidade da verdade
A eterna necessidade de um confronto necessário
Um ímpeto atenuado...
Pela sofisticada capacidade de falsear

13 comentários:

Teresa Cristina disse...

oie, bem forte o "O vezo do avesso"...beijão

Juliana. disse...

Interessante esse avesso, talvez esse falar, ímpeto que nos faz cometer covardias, confrontar a vida, e julgar..é uma pena que isso aconteça em nós, mais acredito que cada um tem um gênio, um jeito de ser e as ações das outras pessoas colaboram pra isso.. o nosso avesso complicado..rs
Um abraço, ótimas palavras
Juliana

Sil.. disse...

Meu anjo....olha, se a gente for olhar nossos avessos rs...

Lindooooo, perfeito seu texto (Como sempre). Você escreve lindamente.

Um abração.

PS: Molhou as plantas hj? rs

Ana SS disse...

Disse o Rubem Alves:

Consulte sempre um advogado. Você tem direitos. Consulte sempre um psicanalista. Você tem avessos.

"Liss" Six disse...

ah dual
complicadíssimo falar sobre o avesso, raramente ousamos olhar para o nosso, e nos recusamos ao olhar o avesso do mundo, das pessoas em volta. Como se isso fosse acabar com a ordem!

Texto perfect!

Essência e Palavras disse...

Colega,
Eu agora estou em novo endereço: Identidade de Pensamento. te espero lá ta?

beejo e boa terça

Heat disse...

eu tenho duvidas quanto a coisas tão absolutas como verdade... em questoes de sentimentos, nao existem verdades absolutas... tudo sao falsetes??

Crônicas do Cotidiano disse...

Oi Teresa,

Bem forte mesmo...
Bjoo.

Oi Juliana,

Temos de descomplicar!
Bjoo.

Oi Sil,

O avesso faz parte também!
Bjoo.

Oi Ana,

Interessante (rs).
bjoo.

Oi Liss,

Não se pode acabar com a ordem... Mas ordenar as coisas!
Bjoo.

Oi Essência,

Já te sigo!! Bjoo

Oi Heat,

Olha agora você me pegou guria (rs). Mas acredito que mesmo em falsetes há uma verdade alicerce!Daí se busca falsear o que se sente! Bjoo

Diva Lali disse...

Olá, meu querido!
Como é bom vim ao teu cantinho. Vc sempre me leva a pensar, pensar e repensar... obrigada!

Ah, só pra registrar,abraço recebido com sucesso e obrigada, de novo e novamente, por receber o meu.

Bjo grandão

Luna Sanchez disse...

Hummmmm...

Sabe que sentimentalmente falando, eu só creio em verdades relativas?

São sempre as mais bonitas...sempre.

Rs

Beijos, moço.

ℓυηα

Aline d'Able Maximo disse...

Ahhh Rockson, que saudades de te ler, perfeito o texto!
obrigada por sempre comentar lá, beijos no coração!

Vanessa Souza Moraes disse...

E quem detêm a verdade?

Ela é não é toda-dita.

Crônicas do Cotidiano disse...

Oi Diva,

Eu que agradeço por estar no meu espaço!

Bjoo.

Oi Luna,

Verdades relativas?! Isso é verdade (risos).

Bjkss linda.


Oi Aline,

A recíproca é verdadeira... E te espero mais vezes!

Oi Vanessa,

Tem grileiros nas terras da verdade (risos).

Bjoo