quarta-feira, 28 de julho de 2010

Aos amigos...

Oi gente! Passando rapidamente...

Por motivos de "força maior" não posso estar escrevendo. Por isso só passei para agradecer os comentários feitos e dizer que em breve retorno com os textos.

P.S: Poderia até postar algo novo, mas acho uma falta de respeito não responder os últimos comentários!

Um abraço


Rockson Pessoa

11 comentários:

San K. disse...

Rockson querido, seja qual for a força maior, deixo aqui meu apio a vc!
Espero que retorne logo... Tudo de bom!

Brilho da Lua disse...

Você é singular...espero que não seja nada grave.

Gostei do beijo na alma que deixaste pra mim. Isso foi muito bacana...e roubou minhas palavras.

beijo na sua tb

aryane pinheiro
(brilho da lua)

Ana SS disse...

cavalheirismo?!

Diva Lali disse...

Olá, meu querido!
Que pena...
Mas aguardo o seu retorno desejando que tudo esteja e fique bem.

Bjo grande e abraço na alma.

Danny disse...

Não demore ah voltar, não se preocupe em responder-nos, apenas compartilhe seus pensamentos nos posts....

Sil.. disse...

A vida é assim mesmo meu anjo, nem se preocupe.

Volte logo, pois suas crônicas fazem falta!

Um abraço!

Luna Sanchez disse...

A gente espera. ;)

Fica bem.

Beijos.

ℓυηα

Pelos caminhos da vida. disse...

Passando rapidinho só pra avisar que estou de volta.

Senti tantas saudades desse mundo fascinante da blogsfera, dos amigos, é muito bom estar de volta.

beijooo.

Pipa. Agora eu era o herói. disse...

Minha nossa, você perdeu o casamento da raposa! rs

Agora tenho que ver qual é o próximo pra poder te convidar!


Te espero sempre!

Andréa Silveira disse...

Não sei se tinha passado aqui pra agradecer a visita ao blog de Frida, pois só agora estou respondendo aos comentários. Volte sempre!

Estou com mais frequencia aqui: http://meuprojetopiloto.blogspot.com/

Abraços!

Betha Mendes disse...

"Assim era Eu esponja colocando o polegar na terra..."

Que bom nascermos e permanecermos sementes. Adoro esta palavra: "semente". Pela seu significado, pela estética que tem e pela sua enorme fonte de inspiração.
Sem dúvida, uma crônica-semente, dessas que multiplicam. Parabéns!

Um abç

Betha