sexta-feira, 2 de julho de 2010

No campo da Emoção


Hoje o Brasil foi eliminado... É duro mas é a nossa triste realidade!

Estava assistindo ao jogo e confesso que aquele primeiro gol, me enganou na medida que pensei: "Será fácil", mas quem imaginaria o final que tivemos? Creio que nem os mais pessimistas...

Na vida, no tocante aos sentimentos, as coisas se parecem... Poderia até arriscar que a partida de hoje (jogo), bem com a partida de nossa seleção (eliminação da copa) é um simulacro, grotesco mas real, das coisas emocionais - coisas do coração.

O Brasil entrou em campo e com todos aqueles jogadores estava um pouco de nós... Havia de certa maneira esperanças depositadas... Havia uma representatividade do tamanho do mundo e esquecemos que estávamos em um contexto de sorte e azar. Em um mundo de 50% para cada time. Mas pensamos nisso? Não... Há quem tenha feito "simpatias", há quem tenha elaborado um contexto favorável fazendo o uso de subjetividades... Há quem encontrou uma lógica rabiscada, uma forma de tocar a realidade?! Talvez! Somos indivíduos e dotados de uma razão também, mas vamos esquecer um pouco isso. Quero falar do campo da emoção!

Não há explicação... As coisas acontecem quando pensamos e agimos na emoção! Há quem as domine, outros são dominados e assim... Felipe Melo é expulso! Sim, ele se deixa envolver pelo fogo do momento e é vítima do passional! Na vida real... Quantos não matam por amor? Matam porque esquecem que há a possibilidade de o fantasioso amor terminar... Mas no campo há quem não respeite os cartões amarelos [alerta] e acabam por transgredir e determinar um cartão vermelho.

Expectativas... Quantos expectativas depositadas em um seleção! Somos visados, somos odiados, admirados, invejados, perseguidos! Somos o Brasil... E quando o assunto é futebol não se encontra razão alguma. Assim somos nós também na vida real. Há expectativas... Existem cobranças e por fim temos de lidar no campo da vida.

Por fim... (se assim se pode dizer)

A nação hoje chora, mas temos que entender que na vida se perde e se ganha, por mais que ainda tentem distorcer esse fato!

P.S: Para o Brasil só em 2014, mas para nós... Todo dia é uma novo possibilidade.


5 comentários:

Kellen disse...

Belo post!
Na vida, se quisermos podemos ter um novo recomeço...
bjsssssssssssssss

Helena disse...

Isso mesmo...a vida é feita de altos e baixos. Acredito que algumas situações ocorrem por acaso, mas a forma que reagimos, muitas vezes, é opcional.

Bjão!

Natália Bittar disse...

amei o texto.
realmente a vida é como um jogo, e o nosso emocional pode fazer com que a gnt faça muitas coisas erradas D:

Crônicas do Cotidiano disse...

Oi Kellen!
È isso mesmo, eternos recomeços!
bjaumm.

Oi Helena!

Altos e baixos... E a gente sempre fugindo dos baixos! Bjkss.

Oi Natália,

Obrigado por ter gostado... É temos que aprender a conciliar esses muitos Nós!
bjks

Patty Vicensotti disse...

Adorei aqui também :)
Obrigada pela visita e comente!

Um abraço!!