quarta-feira, 15 de outubro de 2008

Condição de EU


Agora eu estou assim

Sozinho e satisfeito
Andarilho sem parceiro
Um anônimo de mim mesmo

Agora vivo assim
Solitário e passageiro
Um ator mero roteiro
Palhaço de picadeiro

Agora ando assim
Caminhando bem ligeiro
Saltando em segredo
Parecendo devaneios
Surgindo em nevoeiro

Agora eu estou aqui
Sentadinho no meu leito
Um corpo estático e com medo
Do que amanhã espera por mim

Deito agora - mão no peito
Na cabeça o travesseiro
E os sonhos a sonhar em fim

Se um dia te encontrar
Me envolva em teu peito
Quero ser teu amigo conselheiro
Para andar... em teus canteiros

Rockson Costa Pessoa

Um comentário:

mimi disse...

Rock quanto tempo.Nunca mais nos falamos.Sinto falta de conversar com você dos seus conselhos e de você sempre ser otimista e divertido sempre pronto para ajudar a quem lhe recorrer.
Apararece